_logo01

O diálogo entre o casal
| por Josirene dos Santos

Psicóloga Josirene dos Santos

CRP: 04/62501

 

Para o relacionamento entre casais alguns ingredientes são necessários. A grande queixa no consultório é a falta de compreensão e diálogo. Tem casais que não conversam de forma eficaz, outros conduzem a relação como um projeto de sucesso a ser alcançado, outros tentam ajustar-se no que a família ou sociedade esperam. Uns nem dialogam, uns buscam resolver os problemas através do sexo, outros não.

Às vezes preenchem suas relações com rotinas impossibilitando a reflexão ou percepção de conflitos, onde o distanciamento se instaura.

 

O diálogo é muito importante. Porém, se o diálogo vem de uma forma que o outro não consegue compreender pode causar mais danos que reparos. Cada pessoa carrega um histórico de vida emocional extenso, na maioria das vezes, desconhecido por eles mesmos. Construir um bom relacionamento, saudável do ponto de vista emocional, exige maturidade, renúncia, entrega e, principalmente, honestidade. Por isso que o diálogo é essencial para quem está começando ou já vive a tempo um relacionamento. 

 

Quando um casal perde a esperança no seu casamento, o sofrimento é grande e vem a vontade de não viver dessa forma. A separação pode ser a solução em alguns casos, mas na grande maioria das vezes há falta de conhecimento emocional entre ambos. Os casais esperam que o outro adivinhe o que eles querem. Para alguns, o outro “deveria” saber o que querem.  E se chateiam porque o outro não alcança o que desejam, se calam, se afastam ou brigam em outro momento por algum motivo que não tem a ver com o problema, mas que no fundo é uma oportunidade de colocar sua frustração para fora.

 

Compartilharmos boas experiências com o outro depende do próprio desenvolvimento emocional. Desta forma, conseguiremos compartilhar de maneira madura o que sentimos com outras pessoas. Uma troca assim,  com conhecimento interno das emoções, nos enriquece e nos preenche. Muitas pessoas falam que é difícil se relacionar com outra pessoa e está é uma verdade para as que desconhecem seu mundo emocional.

 

Li numa postagem que “Para aqueles que desenvolvem um trabalho interno, o relacionamento poderá ser um desafio gostoso”. É como cuidar de um jardim. Necessita trabalho, investimento de tempo, energia, entrega, amor, respeito e troca. O que se vê depois é um lindo jardim colorido, cheio de vida. Assim pode ser um relacionamento entre os casais, a busca por qualidade de vida na relação poderá promover melhora para ambas as partes, contribuindo também para o relacionamento consigo e com os demais.

Psicóloga Josirene dos Santos

CRP: 04/62501

 

Psicóloga clínica, terapeuta de casal, perita, está finalizando pós graduação em Psicologia Jurídica e tem treinamento parentalidade familiar. Seu objetivo é ajudar as pessoas que precisam de acolhimento.

_logo02b

Administrado por Tatiana Perez (CRP 07/26032)
 51 99279-2559 | tatiperez@serterapeutadecasal.com.br